Category Archives: Aparelho urinário e genital masculino

Definição

063252 Ampliada 300x300 - Definição

A retenção e a incontinência urinária são dois estados exatamente opostos. Com efeito, retenção significa a impossibilidade de emissão das urinas; incontinência, a impossibilidade de as reter.

Qual a razão que nos leva a tratar estas duas doenças opostas num mesmo capítulo? Porque os pontos que lhes correspondem são os mesmos, prova suplementar de uma ação essencialmente reguladora.

Causas

Prostata 1 300x225 - Causas

Tudo o que provoca obstáculo à saída das urinas cria uma retenção. Entre as causas mais frequentes:

— No homem, podemos encontrar:

• Um estreitamento da uretra, na sequência de uma infecção desta, ainda que antiga;

• Um mau funcionamento da bexiga;

• Ou, sobretudo, a existência de um adenoma prostático, a «próstata» das pessoas idosas;

— Na mulher, uma compressão por uma massa abdominal, sobretudo um fribroma;

— Na criança, há que pensar sempre numa deformação das vias urinárias.

Quanto à incontinência, está ligada a acidentes cirúrgicos ou obstétricos.

No homem, trata-se sobretudo de uma sequela da operação à próstata, que provoca uma incontinência muitas vezes transitória, que se recompõe em poucas semanas, mas, por vezes, infelizmente, é definitiva.
Na mulher, a incontinência é uma consequência mais ou menos longínqua de um parto difícil com fórcipe, lacerações, etc.

Faz-se acompanhar frequentemente de um prolapso, uma «descida» do útero ou da bexiga.

Finalmente, a incontinência, tal como a retenção, aliás, pode vir na sequência de uma paralisia da espinal medula.

Definição

Homem urinando no banheiro cor 182x300 - Definição

Entende-se por infeções urinárias as infecções das vias condutoras da urina, que são, de cima para baixo, o bacinete, o uréter e a bexiga.

As infeções do conduto terminal, a uretra, são excluídas desta definição. «E as do rim?», perguntará o leitor. As infeções do rim são muito raras, e quando se fala de nefrites, o que etimologicamente deveria querer dizer infeção do rim, não se trata de uma verdadeira infeção, mas de uma inflamação de natureza muito diferente.

Pelo contrário, a infecção das vias urinárias pode provocar, como reflexo, uma destruição do rim; é por isso que as infecções saio tão perigosas, tanto mais que muitas vezes evoluem silenciosamente.

Modo de emprego

images 115 - Modo de emprego

É preciso estimular longamente estes quatro pontos, quer à mão, quer por meio de uma estimulação elétrica, de manhã e à noite. Convém obter uma sensação de adormecimento ao nível da bexiga. Pode-se assim igualmente aliviar as crises e evitar as recaídas, sobretudo das cistites.

Causas

barriga 300x201 - Causas

Já vimos que, na maior parte das vezes, era um obstáculo o responsável por uma pielonefrite.

Não acontece o mesmo com as cistites, doenças quase exclusivamente femininas e cuja origem se encontra mais prosaicamente ligada à proximidade dos orifícios naturais na mulher. Os germes partem do ânus e penetram nas vias urinárias. E roupa muito apertada, os jeans, por exemplo, facilitam essa migração.

Quanto às cistalgias, que são falsas cistites uma vez que não existem germes, são secundárias a um grande número de causas: alergias, infecções genitais próximas, deslocamentos da bacia, e podem até ter origem psicológica.

Modo de emprego

Acupuncture12 267x300 - Modo de emprego

Convém utilizar os pontos um após outro, estimulando-os, de uma forma moderada, entre cinco e quinze minutos, de manhã e à noite, manualmente, com uma agulha ou corrente eléctrica, durante dez dias seguidos.

Após o repouso de uma semana, convém recomeçar, e assim sucessivamente, de um modo quase contínuo.

Os Chineses utilizam até a injeção de vitaminas ou de hormonas masculinas ao nível dos pontos.

Os pontos

meridian image 300x176 - Os pontos

Dois principais, dois acessórios:

Os principais:

O primeiro está situado nas costas, a três dedos da coluna vertebral, de ambos os lados da espinha dorsal, à altura da crista ilíaca a estimular do lado doloroso.

O segundo, sobre o lado interno da barriga da perna, no ângulo formado pela cabeça e pelo corpo da tíbia.

Os acessórios:

O primeiro sobre a parte posterior da barriga da perna, mesmo ao meio desta, entre as duas massas carnudas a que se chama os gémeos.

O segundo por Irás do tornozelo interno, a dois dedos acima do osso calcâneo.

Os pontos

meridian image1 300x176 - Os pontos

Dois principais, dois acessórios:

Os principais:

O primeiro esta na parte inferior das costas, a três dedos para cada lado da espinha dorsal, sobre uma linha que passa pelas cristas iliacas.

O segundo a três dedos para cada lado do ânus.

Os acessórios:

O primeiro sobre o ventre, a meio caminho entre o umbigo e o púbis.

O segundo de ambos os lados do púbis, sobre uma pequena ponta óssea (espinha pubiana).

Os pontos

meridian image2 300x176 - Os pontos

Dois principais, dois acessórios:

Os principais:

O primeiro está situado a três dedos travessos, para cada lado do ânus.

O segundo na extremidade do dedo pequeno do pé, no ângulo da unha orientado para fora.

Os acessórios:

O primeiro sobre o rebordo do púbis, sobre a linha mediana.

Os segundos sobre o osso pubiano, a um dedo abaixo e para a zona exterior do precedente.

Aparelho urinário e genital masculino | Pontos que Curam | ferramenta de diagnóstico e esclarecimento.
Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com