Author Archives: Dr.(a)

Os pontos

Na forma fria ou de «invasão», três pontos importantes:

O primeiro, mediano, na base da nuca, sobre a ponta da primeira saliência vertebral.

O segundo, no meio da curva dos ombros para as costas.

O terceiro, sobre o dorso do pulso, entre os dois ossos do antebraço.

Na forma quente, igualmente três pontos:

Os primeiros, na nuca, por trás da orelha, na primeira chanfradura que o dedo encontra sob o rebordo do
crânio.

O segundo, na junção da fronte e do nariz.

O terceiro, a junção das asas do nariz e do lábio superior.

Evolução

Marta 1 300x225 - Evolução

Nunca se deve menosprezar a entorse do tornozelo.

Além da dor e da incapacidade profissional mais ou menos longa que decorre de uma primeira afecção, um tornozelo torcido tem tendência a provocar recidivas porque os ligamentos, verdadeiras «amarras» da articulação, foram rasgados.

De entorse em entorse, chega-se muitas vezes, particularmente na mulher que usa saltos altos, a um tornozelo instável constantemente inchado e doloroso, que transforma a infeliz numa pessoa verdadeiramente enferma.

Definição

608d7f2a53da92d38497a797225cc87d 300x211 - Definição

Numerosas doenças podem afetar a boca e a língua. Certamente que não iremos passar em revista essas inúmeras afeções, mas referiremos somente as mais frequentes.
Entre estas, salientaremos as doenças das gengivas ou gengivites e as aftas que podem afetar as gengivas, a língua e o interior das faces.

Sinais e formas

stomachPain1 300x200 - Sinais e formas

As infeções são de natureza diferente segundo o órgão atingido.

Quando se trata de uma afeção do alto aparelho urinário, bacinete e uréter, fala-se de pielonefrite; a infeção da bexiga é uma cistite. E, em cada caso, a doença varia segundo o sexo e a idade.

As pielonefrites são sempre infeções severas; podem ser agudas, com uma febre alta, arrepios intensos, dores lombares; podem ser crónicas, com um aspecto muito menos espetacular, uma febrezinha, algum ardor ao urinar.

É sobretudo na criança que esta forma é perniciosa, porque não há nada na urina que chame a atenção. Donde a obrigação imperiosa de fazer um exame de urina a um lactente que apresenta uma febre cuja origem não é evidente.

Em qualquer idade, é preciso procurar uma causa para esta infeção que se manifesta acima de uma «barragem». No adulto, tal barragem pode ser devida a um cálculo ou a um estreitamento do uréter.

Na criança, é um mau funcionamento da bexiga que impele a urina para cima em vez de a deixar seguir o seu curso normal.

A situação é muito diversa com as infeções da bexiga, as cistites.

Estas, sobretudo na mulher, são infinitamente menos graves. Mas podem ser um verdadeiro pesadelo devido à sua repetição incessante. Pode até acontecer, por vezes, um exame à urina não revelar qualquer germe e, todavia, encontrarmos toda a sintomatologia da cistite: desejo repetido de urinar, ardor ao urinar, por vezes urina sangrenta. Fala-se então de cistalgia.

Evolução

como tratar dores no nervo ciatico 300x183 - Evolução

Sem tratamento, a ciática pode traduzir-se numa dor breve e suportável. Mas também pode durar semanas, e até meses, imobilizando e fazendo sofrer um martírio ao seu infeliz portador. Pouco a pouco, a dor atenua-se, mas muitas vezes mantém-se um mal-estar ou um adormecimento no pé, por exemplo, e, frequentemente após um esforço, a ciática apresenta uma recidiva.

Causas

download 13 300x99 - Causas

Quanto ás gengivites, as causas infecciosas são as mais frequentes; regra geral, trata-se de uma afeção de zonas vizinhas cujo ponto de partida se encontra nos dentes ou na garganta.

São sobretudo causas orgânicas, metabólicas, como se costuma dizer, ligadas a carências de vitaminas (particularmente B 12 e PP) que atingem a língua. Mas a presença de leveduras e de fungos são também causas frequentes. Especialmente o cândida, a levedura que. nos lactentes, provoca os «sapinhos», e que cada vez mais atinge os adultos,
sobretudo após tratamento com antibióticos.

Quanto as aftas, a sua causa é misteriosa e não tem, de qualquer forma, nada a ver com a febre aftosa dos animais.

Seja como for, há que desconfiar de uma ulceração que não sara, principalmente num fumador, e consultar o dentista ou o estomatologista.

Lugar da nossa terapêutica

acupuntura estetica1 300x2252 300x225 - Lugar da nossa terapêutica

Numa afeção tão caprichosa e desencorajadora, é difícil prever com exatidão os resultados que se irão obter em tal ou tal caso.

Uma longa prática médica permite ao autor deste livro dizer que os resultados favoráveis são ao nível de cerca de cinquenta por cento, o que nem por isso é muito mau.

Definição

colelitiasis 300x188 - Definição

A vesícula biliar, essa pequena bolsa pendurada sob o fígado, desempenha na alimentação o mesmo papel de uma barragem na irrigação das culturas.

Com efeito, o fígado fabrica constantemente bílis, mas a presença desta só é necessária no momento da digestão, daí a necessidade de um armazenamento num órgão reservatório que a retém quando ela não é útil e a liberta quando tal se torna necessário.

Esse pequeno órgão é a vesícula biliar, a bolsa de fel dos antigos, que está ligada ao fígado e ao intestino por um conjunto complexo de canais.

A patologia desses canais é mais ou menos idêntica à da vesícula biliar; por isso pode ser estudada em bloco com ela.

Lugar da nossa terapêutica

medicament 300x200 - Lugar da nossa terapêutica

É boa porque leva a uma dilatação controlada das artérias, não certamente das que se encontram totalmente obstruídas, mas das redes de vasos que permanecem funcionais e podem durante muito tempo assegurar um suficiente fornecimento de sangue às pernas. Por isso deve ser sistematicamente associada às terapêuticas médicas. É desejável que os seus efeitos sejam seguidos através da melhoria do estado (aumento da distância de marcha) e da repetição dos «Doppler».

Definição

download8 - Definição

O estrabismo traduz a perda do paralelismo dos dois olhos. Estes, seja qual for o sítio que olhem, devem estar sempre rigorosamente simétricos. Quando esta simetria não é realizada, diz-se, em termos científicos, que o doente é estrábico. Há uma distinção a fazer: quando o globo ocular está mais inclinado para o exterior, estrabismo externo: ou para o interior, estrabismo interno.

Dr.(a), autor em Pontos que Curam | ferramenta de diagnóstico e esclarecimento. - Página 2 de 57 Arquivo | Pontos que Curam | ferramenta de diagnóstico e esclarecimento.
Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com