Evolução

foto 2 300x225 - Evolução

1) Quando é possível encontrar uma causa curável, uma causa susceptível de permitir uma intervenção cirúrgica, por exemplo, a epilepsia será suprimida através dela.

2) Na epilepsia essencial, a evolução é variável:

a) Por vezes a epilepsia pode desaparecer por si só; é uma evolução frequente, sobretudo no adulto;

b) Na maior parte dos casos, mantém-se durante toda a vida, com um ritmo caprichoso e imprevisível, colocando assim em perigo a vida do doente, porque a crise e a queda podem ocorrer em qualquer lugar, numa escada, ao volante, etc;

c) Por vezes, a epilepsia agrava-se, as crises aproximam-se umas das outras, criando o «estado de mal epiléptico», que frequentemente evolui em direção à morte.

Evolução | Pontos que Curam | ferramenta de diagnóstico e esclarecimento.
Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com