Category Archives: Órgãos dos Sentidos

Definição

1 normal retina 300x199 - Definição

Antes de expor sobre as doenças da retina, convém precisar bem o que é este órgão.

Apresenta-se sob a forma de uma película, de uma «pele», se quisermos, que cobre o fundo do olho. Como o olho é, de certo modo, uma «bola», concebemos que o seu fundo seja uma semiesfera cuja concavidade está virada para a frente. É precisamente essa concavidade que é coberta pela retina.

Mas tal «película» não é outra coisa senão um alargamento do nervo da visão, o nervo óptico.

É a retina que recebe as imagens do exterior e as transmite ao cérebro; para isso, dispõe de duas categorias de células, os cones e os bastonetes, estando os primeiros preferencialmente encarregados da recepção das cores, e os segundos das formas.

Se acrescentarmos que todo este conjunto nervoso recebe o seu sangue de uma artéria que acompanha o nervo óptico, concebemos a complexidade deste aparelho da visão. É de notar que esta artéria, proveniente do interior da cabeça, basta, por simples observação, para nos dar uma ideia do estado das artérias do cérebro, e temos nela um meio simples para apreciar a circulação cerebral.

Lugar da nossa terapêutica

am 142990 4046320 854474 300x225 - Lugar da nossa terapêutica

Por conseguinte, uma terapêutica natural —também eficaz—, mas sem inconvenientes, é bem-vinda.

Utilizados logo de início, os nossos pontos fazem parar a constipação. Mais tarde, atenuam-lhe os inconvenientes e podem, em larga medida, evitar que evolua. Por isso o nosso método deve ser sempre o primeiro a ser experimentado, associado ou não a outros métodos naturais.

Modo de emprego

Acupuncture1 266x300 - Modo de emprego

Convém estimular os pontos principais durante muito tempo, entre dez e trinta minutos, várias vezes ao dia, na vertigem de Ménière.

Pelo contrário, uma estimulação mais moderada, dois a três minutos, duas a três vezes por dia, suficiente nas vertigens ou pseudovertigens vertebrais ou tensionais.

Sinais

post blog 24.6g 300x187 - Sinais

São bem conhecidos:

— Surge bruscamente a febre, que pode subir até 39° ou 40°;
— Coriza, dor de garganta e tosse;
— Mal-estar geral, fadiga, dor de cabeça;
— Aparição de gânglios, e, com bastante frequência, perturbações digestivas, diarreias, vómitos, etc.

Sinais

download 113 - Sinais

Variam segundo a localização.

As sinusites maxilares agudas complicam uma constipação mais ou menos severa, por volta do terceiro ou quarto dia da sua evolução. O mais importante sintoma é a dor, que surge bruscamente, uma dor intensa, palpitante, situada na maçã do rosto, debaixo de um dos olhos. Sem tratamento, persiste com acalmias e recrudescências. A pressão da maçã do rosto reactiva-a quando ela se acalma.

Com ou sem tratamento, a sinusite maxilar pode curar-se, mas frequentemente também se pode tornar crónica; a dor desaparece, mas mantém-se um corrimento purulento e interminável através de uma narina.

As sinusites frontais são ainda mais dolorosas, se possível, com dores atrozes que irradiam do ângulo interno do olho. Também neste caso pode haver passagem ao estado crónico.

Finalmente a sinusite etmoidal é apanágio da criança pequena e do lactente. Os sintomas surgem no canto interno do olho e ao nível da pálpebra superior, que incha bruscamente.

Em certos casos, o olho é projetado para diante, quase saindo da órbita.

Modo de emprego

Acupuncture1 266x300 - Modo de emprego

Não se trata, certamente, de uma doença aguda; por isso convém estimular os pontos principais, em particular, durante alguns minutos, de manhã e à noite, através de massagem, ou de agulha, ou de eletricidade.

Um sinal de eficácia é a obtenção de uma sensação de adormecimento no olho.

O efeito é obtido, e podemos assim retardar e reduzir as deformações da curvatura ocular.

Definição

miopia 300x200 - Definição

Estas três perturbações da visão, aqui não se trata de doenças, estão ligadas a uma deficiente «focagem» das imagens sobre a retina.

Que significa esta palavra «focagem», habitualmente utilizada pelos fotógrafos? A focagem, no caso dos olhos, é a reprodução exata mas reduzida das imagens exteriores sobre a retina; esta representação é, aliás, invertida: um homem, por exemplo, é representado de cabeça para baixo, mas o cérebro restabelece o bom senso. O que mais conta é a nitidez dos contornos; e esta é devida ao facto de o olho normal reproduzir o objeto no ponto exato em que ele deve ser reproduzido, isto é, sobre a retina, alargamento do nervo ótico.

Todos os estudantes fizeram a experiência de concentrar os raios de sol através de um vidro de relógio e de recolher a imagem sobre uma folha de papel. Sabemos bem que há uma distância precisa e variável segundo a curvatura do vidro para que a imagem do Sol fique reduzida a um ponto… que por vezes queima a folha. Acontece o mesmo com o olho normal, que é feito de meios transparentes equivalentes ao nosso vidro: a córnea, o humor aquoso, o humor vitreo, o cristalino.

Mas se estes meios — o tal «vidro de relógio» — forem demasiado curvos ou, inversamente, demasiado planos, é compreensível que a imagem perfeita se vá formar diante ou por trás da retina; e estamos assim perante um míope ou um hipermetrope. Em qualquer dos casos, a imagem recebida será pouco nítida.

Quanto à presbitia, é, de certo modo, uma hipermetropia relacionada com a idade. Por volta dos cinquenta anos, em geral, os meios transparentes do olho, e sobretudo a córnea, endurecem, alteram a curvatura do olho, e voltamos ao caso precedente.

Órgãos dos Sentidos | Pontos que Curam | ferramenta de diagnóstico e esclarecimento.
Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com