Category Archives: A ciática

Formas

agenuspdornascostasfotomarcossantos003 300x200 - Formas

Além desta dupla incidência, sensitiva e motora, a dor pode ser mais ou menos extensa ao longo do nervo. Pode assim acontecer que o doente só tenha dor na nádega ou na coxa, ou até somente na barriga da perna ou no pé.

Mas é importante insistir sobretudo nas duas irradiações diferentes que afetam os dois ramos terminais do nervo; um deles segue na direção do dedo grande, o outro na do último e mais pequeno dedo do pé; temos assim duas espécies de ciáticas; e esta noção é importante porque nos permite precisar a origem exata e por conseguinte, a raiz atingida. Com efeito, o nervo ciático, que é o nervo mais comprido e mais grosso do corpo, nasce de dois grupos de raízes sobrepostas.

Por exemplo, quando a ciática atinge o dedo grande, é porque é a raiz que passa entre a quarta e a quinta vértebras lombares que está envolvida.

Quando a dor vai ao dedo pequeno, é a que passa entre a quinta lombar e o osso sacro.

Também isto tem, como adiante veremos, importância em relação ao tratamento.

Tratamento habitual

MG 5738 200x300 - Tratamento habitual

Somos obrigados a reconhecer que é passivo. Resume-se ao repouso na cama, infiltrações de anestésico e de cortisona, calmantes; em suma, dias de sofrimento e de incapacidade para o trabalho. E, muitas vezes, finalmente, uma cirurgia que nem sempre constitui solução definitiva.

Na verdade, tudo isto pode ser abreviado através de uma manipulação vertebral bem feita.

Evolução

como tratar dores no nervo ciatico 300x183 - Evolução

Sem tratamento, a ciática pode traduzir-se numa dor breve e suportável. Mas também pode durar semanas, e até meses, imobilizando e fazendo sofrer um martírio ao seu infeliz portador. Pouco a pouco, a dor atenua-se, mas muitas vezes mantém-se um mal-estar ou um adormecimento no pé, por exemplo, e, frequentemente após um esforço, a ciática apresenta uma recidiva.

Sinais

shutterstock 101834314 300x246 - Sinais

É frequentemente na sequência de um esforço em má posição (levantamento de um peso) ou simplesmente de um ataque de tosse, de um passo em falso que a dor surge. Apresenta-se com diferentes características, queimadura, guinadas, formigueiros, etc, que são em si próprias definidoras da dor de origem nervosa.

Mas como o nervo ciático é também um nervo motor que faz mexer a perna e andar, esta motricidade pode ser atingida; podemos encontrar-nos diante de uma ciática paralisante, sempre mais grave, na qual o membro se torna flácido e impotente.

Os pontos

meridian image 300x176 - Os pontos

Os pontos úteis dividem-se em dois grupos:

O primeiro, constante, que será estimulado em todos os casos, está situado na nádega, por trás da extremidade do fémur, o grande osso da coxa. Para o encontrarmos facilmente, deitamos o doente sobre o lado são. Colocamos a mão, com os dedos afastados, sobre a nádega do doente, o polegar ao longo da crista ilíaca, a elevação que termina a bacia para cima; com a mão pousada sobre a nádega, o dedo mínimo indica o ponto situado por trás do fémur, o grande osso da coxa.

Os outros pontos são a aplicação de uma velha regra chinesa que consiste em estimular os pontos terminais dos «meridianos».

Eles dependem do ramo do nervo atingido:

a) Se se trata do que vai para o dedo grande, os pontos estão situados, um na extremidade deste no ângulo da unha, o outro na base do dedo;

b) Se se trata do que vai para o dedo pequeno, os pontos são simétricos, no ângulo da unha e na base do dedo pequeno.

Modo de emprego

Acupuncture12 267x300 - Modo de emprego

Como, por definição, se trata de uma afecção aguda, convém massajar energicamente ou estimular com agulhas finas até ao desaparecimento da dor.

Recomeçar tantas vezes quantas as necessárias.

Se a dor persistir, é preconizada a estimulação elétrica, assim como a colocação de ligaduras cirúrgicas a este nível.

Causas

maxresdefault1 300x169 - Causas

Se exceptuarmos casos excepcionais (tumores, infecções), a causa essencial da ciática é objecto de discussão; considerada, durante muito tempo, como sendo unicamente devida a uma hérnia do disco, isto é, da pequena almofada que separa as vértebras e que vem comprimir a raiz, parece que se trata, com muito maior frequência, de um deslocamento de uma vértebra sobre a outra que «entala» o nervo e provoca dor, paralisa, etc.

A ciática | Pontos que Curam | ferramenta de diagnóstico e esclarecimento.
Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com