Category Archives: Esquizofrenia, psicoses, doenças mentais graves

Os pontos

meridian image1 300x176 - Os pontos

Dois principais, dois acessórios;

Os principais:

O primeiro está situado no alto do crânio (o ponto mais alto do corpo) e na junção da linha mediana e da que passa pela parte superior das orelhas.

O segundo sobre o lábio superior, na junção dos dois terços superiores e do terço inferior.

Os acessórios:

O primeiro está situado na raiz do nariz, entre as sobrancelhas.

O segundo na ponta do esterno.

Causas

21052012 esquzofreniaFotoMarcosSantos004 300x200 - Causas

As ideias sobre as doenças mentais têm, como sempre, evoluído segundo as diferentes épocas.

Após uma fase em que tudo era orgânico, e durante a qual se procuraram lesões em zonas precisas do cérebro, foram responsabilizadas perturbações psicológicas puras ligadas ao meio individual e social.

Hoje, regressa-se ao orgânico com a descoberta de perturbações de funcionamento das células do cérebro: os neurónios. Como sempre acontece, cada período contribuiu com a sua parte de verdade.

Por vezes, bastante raramente, é certo, lesões anatómicas do cérebro (tumores, por exemplo) traduzem-se por uma psicose. Também o ambiente tem o seu papel, ainda que este não seja determinante, e uma família que dê segurança é um bom fator de cura para um doente mental.

Mas os progressos mais importantes foram avançados pelo estudo da química do cérebro, e sobretudo desses famosos «mediadores» que transmitem o influxo de um a outro neurónio.

É quase certo que a esquizofrenia se faz acompanhar de uma perturbação da secreção das endorfinas, essas morfinas naturais antidor que o cérebro segrega, em particular sob a ação da acupunctura.

E isso não é mais do que o início de uma pesquisa árdua, mas prometedora.

Sinais e formas

esquizzozo 300x200 - Sinais e formas

Podem ser individualizadas três formas:

— A esquizofrenia é a doença mais grave, primeiro porque ataca os jovens entre os quinze e os trinta e cinco anos; depois, porque é frequente; considera-se que são atingidos 1% dos jovens dessas idades. Finalmente, porque, sem tratamento, leva inexoravelmente à dissociação completa da personalidade, à verdadeira «loucura».

O início pode ser súbito, pelo aparecimento de um delírio e de atos anormais; pode ser progressivo, com comportamentos bizarros, gargalhadas sem motivo, uma imobilidade total, ou atos agressivos perigosos.

Mais ou menos rapidamente, a personalidade desintegra-se e, geralmente, o doente, imóvel e mudo, deixa de ter qualquer contacto com o meio ambiente. É aquilo que se chama autismo;

— A psicose maníaco-depressiva é caracterizada pela alternância de fases depressivas em que o sujeito, no cúmulo do abatimento, se persegue, se acusa de todos os erros e de todos os crimes e se arrisca ao suicídio em qualquer momento, e de fases maníacas em que, pelo contrário, ri, está eufórico, dá a impressão de ter bebido. Muitas vezes, estas fases alternam ao fim de alguns meses, por vezes em alguns dias;

— A psicose alucinatória: O sujeito vê impor-se-lhe um delírio exterior. Julga-se espiado, perseguido, ameaçado. São estas pessoas que se obstinam em queixar-se à justiça ou à polícia dos seus parentes ou vizinhos.

A par destas formas típicas, existem numerosos casos de doenças mentais difíceis de classificar, mas que, na generalidade, se aproximam destes três modelos.

Modo de emprego

Acupuncture11 266x300 - Modo de emprego

Não se trata, digamo-lo desde já, de fazer semelhante tratamento em casa. Citamo-lo aqui para mostrar até onde podem ir os resultados do método utilizado sistematicamente na China.

Eis, por exemplo, como são tratados os esquizofrénicos nos centros hospitalares chineses: sessões de acupunctura eléctrica praticadas todos os dias sobre os pontos acima indicados. A isso se acrescenta ginástica chinesa e redação de poemas (em caracteres chineses, obviamente) que permitem ao sujeito sair de si e colocar-se novamente em contacto com o seu corpo e o seu espírito. Os resultados são comparados aos dos tratamentos químicos. Como lamentamos não possuir entre nós centros como esses.

Tratamento habitual

a beautiful mind 2001 3 1920x1080 300x169 - Tratamento habitual

O tratamento das doenças mentais foi alterado pelo aparecimento da quimioterapia. Antes dela, não havia senão o electrochoque, que trazia algumas melhoras.

Embora não tenha totalmente desaparecido, o seu lugar foi tomado pelos neurolépticos e pelos tranquilizantes. É de realçar, na psicose maníaco-depressiva, a acção quase específica de um metal, o lítio.

É óbvio que o doente deverá ser sempre apoiado por uma psicoterapia compreensiva.

Definição

esquizofrenia e1348490659525 258x300 - Definição

Dentro da multiplicidade das doenças mentais, era clássico, noutros tempos, dividi-las em neurose e psicose, com base na seguinte situação: nas neuroses, fossem quais fossem as perturbações apresentadas, o doente mantinha o contacto com o real. Por exemplo, podia ter alucinações; mas reconhecia-as como sendo estranhas a si próprio. Nas psicoses, pelo contrário, vivia-as como fazendo parte de si; não estabelecia a diferença entre o seu mundo interior e o mundo exterior.

Era por isso «alienado», o que, no sentido etimológico, quer dizer estrangeiro.

As investigações e as terapêuticas modernas diluíram estas diferenças, porque nos apercebemos de que havia neuroses com confusão mental, e, em contrapartida, as psicoses tratadas permitiam uma identificação consigo próprio e uma vida normal.

Como nos poderemos então orientar?

Procurando os quadros apresentados pelas diversas psicoses, e que são bastante diferentes uns dos outros.

Lugar da nossa terapêutica

acupuntura estetica2 300x225 - Lugar da nossa terapêutica

Se existem doenças que à primeira vista, parecem inacessíveis à nossa terapêutica, essas são as doenças mentais. E, todavia, na China, hospitais psiquiátricos na sua totalidade consagram-se ao tratamento dos esquizofrénicos através da medicina tradicional.

Esquizofrenia, psicoses, doenças mentais graves | Pontos que Curam | ferramenta de diagnóstico e esclarecimento.
Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com