Tag Archives: Complicações

Tratamento habitual

egyption magic 300x240 - Tratamento habitual

No eczema alérgico, há que fazer um esforço para determinar a causa que o faz desencadear, a fim de afastar dela o doente (mudança de trabalho, de detergente, de cosmético), ou, se necessário, dessensibilizá-Io com pequenas doses de produtos; é o que fazem os alergologistas.

Mas é preciso ter conhecimento de que este trabalho é muito longo e muitas vezes decepcionante, porque existem diferentes factores de alergia, e assim que o doente fica dessensibilizado em relação a um deles, pode tornar-se sensível a um outro produto.

No eczema atópico, como já vimos, não há causas detectáveis. Assim, na maioria dos casos, há que tentar acalmar a inflamação; o anti-inflamatório mais conhecido é a cortisona e os seus derivados, utilizados por via geral (comprimidos, injeções) ou por via local (pomada, loção).

Mas trata-se de uma arma temível. É certo que ao seu emprego se seguem geralmente melhoras espetaculares, mas sobretudo também uma «reação» perigosa após o termo do tratamento e complicações de toda a ordem.

Tratamento habitual

550px Get Rid of Tonsil Stones Step 5 preview 300x168 - Tratamento habitual

O tratamento habitual da angina constituiu o triunfo dos antibióticos, reduzindo o número e a gravidade das complicações. Esse triunfo foi mesmo um pouco excessivo, porque é nas anginas que os abusos de receituário são mais evidentes.

Em contrapartida, não existe qualquer tratamento para as anginas virais.

Evolução

diabetes 300x224 - Evolução

A evolução espontânea está semeada de complicações.

É certo que um indivíduo bem vigiado já não deverá entrar em coma, mas as artérias estão em perigo ao nível dos olhos, do coração, das pernas e dos rins.

A afecção das artérias é muitas vezes hereditária. Mas é indiscutivelmente agravada por um deficiente controlo da diabetes. Daí o interesse de uma vigilância contínua feita pelo próprio doente por meio de pequenas tiras de papel, que servem para molhar com urina ou uma gota de sangue.

Formas e causas

linfaticoshigado 300x245 - Formas e causas

Os sintomas vesiculares que descrevemos acima agrupam-se de uma maneira diferente segundo as doenças que afetam a vesícula.

Essas doenças podem agrupar-se em três categorias:

— As infecções da vesícula ou colecistites;

— As perturbações do funcionamento vesicular ou discinesias;

— Os cálculos vesiculares e as suas complicações.

As colecistites são devidas à invasão da vesícula pelos germes intestinais. São elas que provocam os maiores acessos febris. Por vezes, a colecistite está supurada, impondo medidas urgentes, tanto médicas
como cirúrgicas.

As discinesias são consequência de deficientes contrações do órgão que, como todos os músculos, se deve contrair para expelir o seu conteúdo. As contrações podem ser insuficientes ou, pelo contrário, excessivas, ou ir alternadamente de um extremo ao outro, o que é o caso mais frequente.

Mas o maior problema é o dos cálculos biliares. Estes cálculos estão presentes em volume e em número extraordinariamente variáveis.

Alguns são enormes, com várias gramas, ocupando todo o interior do órgão; outros são minúsculos e numerosíssimos, constituindo a lama biliar.

Além das perturbações de funcionamento que provocam, os cálculos podem migrar nas vias biliares, desencadeando uma cólica hepática, ou ficarem aí bloqueados, provocando uma icterícia por retenção.

Tag "Complicações" | Pontos que Curam | ferramenta de diagnóstico e esclarecimento.
Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com