Tag Archives: Corpo

Os pontos

meridian image2 300x176 - Os pontos

Sendo todos igualmente importantes, dividem-se da seguinte forma:

Pontos na origem das lesões e pontos ao nível das lesões.

1) Pontos na origem: Nas hemiplegias (paralisia de metade do corpo), estes pontos estão situados sobre
o crânio:

O mais importante, no topo deste, na junção da linha mediana e daquela que passa pelas duas orelhas: um outro, na nuca, no rebordo posterior do crânio, no meio deste.

Nas paraplegias (paralisia das duas pernas), o ponto está situado na região lombar, por cima do osso sacro, sob a última vértebra sensível ao dedo (quarta vértebra lombar).

Nas polinevrites, o ponto está situado sobre o lado exterior da barriga da perna, adiante da cabeça do perónio.

2) Pontos ao nível das lesões: Para o ombro, a meio do declive deste:

Para o braço, na extremidade exterior da dobra do cotovelo;

Para o antebraço, a meio deste (do lado do dorso da mão), a meia distância entre

Os seus bordos e as dobras do cotovelo e do pulso;

Para a mão, sobre o dorso da mão;

Para os dedos, ao longo destes;

Para a anca, por trás da cabeça do fémur;

Para a coxa, ao meio das faces anterior e posterior;

Para a perna, adiante da cabeça do perónio;

Para o pé, a meio da dobra dorsal do pé e do dorso deste;

Para os dedos do pé, na base destes.

Os pontos

meridian image 300x176 - Os pontos

Dois principais, dois acessórios:

Os principais:

O primeiro está situado exatamente na massa muscular da perna, a meia altura e a meia largura.

O segundo, único, encontra-se na ponta do cóccige.

Os acessórios:

O primeiro, único também, está situado sobre o lábio superior, sob o nariz.

O segundo, no cimo do crânio (o ponto mais alto do corpo), na junção da linha mediana e da linha que passa pelo alto das duas orelhas. Notemos que este ponto é notável no tratamento do prolapso hemorroidário.

Formas

psoriase 300x225 - Formas

Sendo estas extremamente variadas, descreveremos aquilo que se vê na mais frequente destas doenças, a psoríase.

Nela encontramos, na maioria dos casos, placas mais ou menos grandes, geralmente isoladas, que afetam certas regiões do corpo, cotovelos, joelhos, mas que geralmente não «fazem comichão».

Por vezes, as placas estendem-se, reúnem-se, cobrem quase todo o corpo do doente. Este vai perdendo escamas abundantemente: encontramo-las na sua roupa, na cama etc.

Noutros casos, a psoríase só afeta uma parte do corpo: palma das mãos e planta dos pés ou couro cabeludo (é uma das raras psoríases que provocam prurido), ou então destroem as unhas.

Nessas formas limite, o diagnóstico é difícil com outras doenças da pele (líquen plano, etc).

Definição

P6280836 300x225 - Definição

Extraordinário conjunto de vinte e três ossos, encarregado de aguentar todo o peso do corpo, o pé e os dedos do pé podem ser atingidos pela doença em partes separadas; entorse ou fractura de um dedo, por exemplo. Mas é muito raro que todo o pé não seja atingido simultaneamente. Porquê?

Porque este órgão representa uma espantosa unidade funcional.

Observemos um pé de perfil, e depois de frente; observemos como as cargas são igualmente repartidas entre a parte da frente e a parte de trás, entre a parte de dentro e a parte de fora; até mesmo a estrutura
íntima dos ossos acompanha esta repartição.

Causas

050 225x300 - Causas

Podemos distinguir duas grandes origens:

• A paralisia facial, dita de origem central, porque a sua origem se encontra no cérebro. Houve, por exemplo, uma embolia ou uma hemorragia que atingiu a região onde tem origem o nervo facial.

Mas é raro que a paralisia se limite então ao nervo. Geralmente, existe também uma paralisia de metade do corpo (hemiplegia) e do lado oposto ao meio rosto atingido;

• Na maior parte dos casos, felizmente, o nervo é atingido no seu trajeto periférico. Durante muito tempo, estas paralisias foram chamada a frigore, porque se julgava que eram devidas ao frio.

Na verdade, trata-se, na maioria dos casos, de um ataque por um vírus ou de uma pequena hemorragia no trajeto do nervo.

Os pontos

meridian image 300x176 - Os pontos

Dois no corpo, dois na orelha, todos igualmente importantes:

Sobre o corpo:

O primeiro está situado sobre o lado exterior da barriga da perna, a uma mão abaixo da curva do joelho, estando este dobrado.

O segundo sobre o flanco, no bordo inferior do tórax, sobre a ponta da costela flutuante.

Na orelha:

O primeiro ponto está a 1 mm adiante da extremidade inferior do trago, a pequena «bossa» situada na parte da frente do pavilhão.

O segundo no fundo da orelha, por cima do lóbulo, a «bola» que termina a orelha na parte de baixo.

Causas

1340569550136024 300x225 - Causas

São geralmente diferentes das menorragias e metrorragias.

As primeiras são devidas, sobretudo, a perturbações funcionais ou a um tumor totalmente benigno: o fibroma.

As segundas podem ser igualmente devidas a perturbação funcional, mas, nesses casos, há sempre que desconfiar de qualquer coisa grave, tumores do colo ou até mesmo do corpo do útero em particular, que têm muitas vezes um carácter maligno.

Finalmente, doenças gerais (infecções, doenças do sangue) podem também ser responsáveis pela situação.

Tag "Corpo" | Pontos que Curam | ferramenta de diagnóstico e esclarecimento.
Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com