Tag Archives: Infeções

Causas

severe vomitting cause preterm labor 238x300 - Causas

São esses casos que merecem um estudo atento, porque então o vómito é a tradução de uma doença séria:

• Ou de origem digestiva, úlcera, cancro do esófago ou do estômago, apendicite, colecistite, «ventres agudos» cirúrgicos;

• Ou de origem geral, infeções, envenenamentos, diabetes, ureia, acetona na criança pode ser a sua causa;

• Ou de origem «nervosa» no seu sentido amplo, reflexo, se quisermos, assim, os vómitos repetidos podem ser sinal de miningite ou de perturbações do equilíbrio, ou então têm uma origem psicológica, como na anorexia mental, essa curiosa doença da jovem que procura emagrecer a todo o preço.

Mas, felizmente, a grande maioria dos casos não tem nada a ver com essas temíveis causas, e trata-se simplesmente de uma indigestão.

Uma «boa» indigestão não é mais do que um incidente passageiro na sequência de uma «comezaina» bem regada; traduz-se por vómitos, por vezes febre, é o «desarranjo gástrico febril», célebre na medicina
militar.

Mas também me pode perguntar o leitor: «E então a crise de fígado?»

Ora bem, muito simplesmente, ela não existe. É uma tradição francesa, e unicamente francesa. Sob este nome esconde-se geralmente uma enxaqueca, doença hereditária e alérgica. É a cabeça que faz mal ao fígado, e não o inverso.

Sinais e formas

stomachPain1 300x200 - Sinais e formas

As infeções são de natureza diferente segundo o órgão atingido.

Quando se trata de uma afeção do alto aparelho urinário, bacinete e uréter, fala-se de pielonefrite; a infeção da bexiga é uma cistite. E, em cada caso, a doença varia segundo o sexo e a idade.

As pielonefrites são sempre infeções severas; podem ser agudas, com uma febre alta, arrepios intensos, dores lombares; podem ser crónicas, com um aspecto muito menos espetacular, uma febrezinha, algum ardor ao urinar.

É sobretudo na criança que esta forma é perniciosa, porque não há nada na urina que chame a atenção. Donde a obrigação imperiosa de fazer um exame de urina a um lactente que apresenta uma febre cuja origem não é evidente.

Em qualquer idade, é preciso procurar uma causa para esta infeção que se manifesta acima de uma «barragem». No adulto, tal barragem pode ser devida a um cálculo ou a um estreitamento do uréter.

Na criança, é um mau funcionamento da bexiga que impele a urina para cima em vez de a deixar seguir o seu curso normal.

A situação é muito diversa com as infeções da bexiga, as cistites.

Estas, sobretudo na mulher, são infinitamente menos graves. Mas podem ser um verdadeiro pesadelo devido à sua repetição incessante. Pode até acontecer, por vezes, um exame à urina não revelar qualquer germe e, todavia, encontrarmos toda a sintomatologia da cistite: desejo repetido de urinar, ardor ao urinar, por vezes urina sangrenta. Fala-se então de cistalgia.

Definição

images 91 - Definição

No sentido estrito da palavra, as gripes são as infecções devidas ao vírus gripal. Mas, na linguagem corrente, a palavra «gripe» designa todas as infecções do nariz e da garganta, pela ação de outros vírus, e que são, na verdade, rinofaringites. Contudo, utilizamos essa designação, primeiro, porque é sempre difícil descobrir o vírus responsável e, depois, porque tal procura é efetivamente desprovida de interesse, porque a terapêutica, tanto a clássica como os nossos métodos, é a mesma.

Definição

Homem urinando no banheiro cor 182x300 - Definição

Entende-se por infeções urinárias as infecções das vias condutoras da urina, que são, de cima para baixo, o bacinete, o uréter e a bexiga.

As infeções do conduto terminal, a uretra, são excluídas desta definição. «E as do rim?», perguntará o leitor. As infeções do rim são muito raras, e quando se fala de nefrites, o que etimologicamente deveria querer dizer infeção do rim, não se trata de uma verdadeira infeção, mas de uma inflamação de natureza muito diferente.

Pelo contrário, a infecção das vias urinárias pode provocar, como reflexo, uma destruição do rim; é por isso que as infecções saio tão perigosas, tanto mais que muitas vezes evoluem silenciosamente.

Evolução

IMG 0985 300x224 - Evolução

As hemorróidas evoluem geralmente sob a forma de crises, intervaladas com períodos de tranquilidade. Mas podem surgir complicações com grande frequência: infeções, até mesmo abcessos, ou então a «saída» do conjunto da massa hemorroidária, o prolapso, que necessita de medidas urgentes. Também é muito frequente a ocorrência de infeções nas fístulas e fissuras.

Causas

super bacteria 2010 300x222 - Causas

Certas leucorreias são normais; elas ocorrem no momento de certos episódios da vida genital, na ovulação ou quase sempre antes das regras.

Nesse caso, as perdas são geralmente líquidas e pouco abundantes.

Mas quando se mostram amarelas ou verdes, há infeções por micróbios ou por fungos.

Finalmente, os corrimentos podem ser uma manifestação de uma doença do útero ou dos ovários.

É por isso que é sempre necessário um exame médico completo.

Causas

dormindoo 300x201 - Causas

Existem afecções graves das vértebras: tumores, infeções, reumatismos. Também há que desconfiar, quando houve traumatismo (em especial um choque de automóvel por trás, que sacode o pescoço), de uma fractura vertebral. É por isso que é sempre útil uma radiografia.

Mas na imensa maioria dos casos estamos perante o deslocamento de uma ou várias vértebras (na sequência de um choque ou de uma má posição repetida, as vértebras deslizam uma sobre a outra bloqueando os nervos que passam entre elas).

E que dizer da artrose? É possível dizer que a artrose vertebral não é dolorosa em si mesma, mas, pelas deficientes posições que provoca, favorece as compressões nervosas e, portanto, as dores.

Com efeito, uma vértebra que se desloca comprime os nervos que passam entre ela e as suas vizinhas; é essa a causa principal de toda a patologia da região.

Isso começa por provocar uma dor localizada e contraturas musculares responsáveis pela imobilização do pescoço.

Se se trata de uma vértebra cervical alta, as duas primeiras sobre a nuca, também pode haver dores do crânio, ou até uma enxaqueca de um lado da cabeça, ou difusa.

Se, pelo contrário, é uma cervical baixa que é afetada, as dores descem para o ombro e para o braço e, muitas vezes, vão mesmo até à mão; temos então uma nevralgia cervicobraquial, mais simplesmente designada, impropriamente, aliás, como «nevrite».

Em todos os casos podem ocorrer vertigens; o deslocamento cervical é a causa mais frequente da vertigem, porque a artéria vertebral que vai ao cerebelo, centro de equilíbrio, passa através das vértebras e pode assim ser comprimida por esse deslocamento.

Causas

maxresdefault1 300x169 - Causas

Se exceptuarmos casos excepcionais (tumores, infecções), a causa essencial da ciática é objecto de discussão; considerada, durante muito tempo, como sendo unicamente devida a uma hérnia do disco, isto é, da pequena almofada que separa as vértebras e que vem comprimir a raiz, parece que se trata, com muito maior frequência, de um deslocamento de uma vértebra sobre a outra que «entala» o nervo e provoca dor, paralisa, etc.

Tag "Infeções" | Pontos que Curam | ferramenta de diagnóstico e esclarecimento.
Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com